07 Feb

Time Left

Um Copo Com…Chloé Siganos: Cultura e carreira profissional

  • Paris
  •  February 7, 2015   — February 7, 2015
  • 05:00 pm — 06:00 pm

Em 2014 a AGRAFr iniciou um novo ciclo de eventos denominado: ” Um copo Com…”. Este tipo de evento consiste em convidar uma personagem relevante da comunidade portuguesa em França para falar com os membros da AGRAFr sobre um tema predefinido. Esta iniciativa pretende ser informal, privilegiando um debate e discussão abertos entre o orador e os membros. “Um copo Com…” realiza-se no primeiro sábado de cada mês às 17h num café em Paris.

No sábado, dia 7 de fevereiro, a AGRAFr teve a honra de receber como convidada Chloé Siganos para o seu nono “Um copo com…”, com a temática “Cultura e carreira profissional: obstáculos e desafios

O dia estava frio para as nossas genéticas lusitanas, mas o sol estava radiante e iluminava a esplendorosa basílica do Sacré-Cœur que se avistava ao fundo da Avenue des Batignolles. Pela primeira vez a AGRAFr organizava “Um copo com…” no café/ épicerie fine Lisboa Gourmet, dirigido pelo senhor Moisés, que numa visita de repérage anterior, nos tinha falado com amor e paixão dos produtos que ele traz de Portugal.

Os participantes dispuseram-se à volta da mesa para ouvir a convidada. Como habitualmente começou-se pelas apresentações breves e menos breves de cada um. Ficámos a saber que os noruegueses bebem cada um a bebida que trazem a uma festa e que no Norte se diz quarto de banho e não casa de banho como em Lisboa. O tom estava dado para o resto da conversa que foi muito animada e descontraída.

YIP6-1VOY-623U-HS38Chloé Siganos é ainda jovem, menos de 40 e mais de 30 (a idade das senhoras deve ficar discreta!). No entanto, parece ter vivido várias vidas em uma só, senão vejamos: Chloé nasce na Bretanha, mas cedo os pais foram para os Açores; viveu 6 anos em Lisboa;  1 ano em Tóquio, regressou novamente a Lisboa onde permaneceu mais 6 anos;  voltou para França, passou uns meses pelo Brasil e aos 26 foi para a Áustria, depois Lisboa (mais uma vez!) e enfim voltou a Paris, onde se encontra a viver neste momento. Durante este tempo fez estudos teatrais em Nanterre, foi assistente de encenação, escreveu um livro, trabalhou nas favelas do Brasil, trabalhou em inúmeros projetos culturais em Viena onde aprendeu a trabalhar em alemão, foi adida cultural em Lisboa e agora é a coordenadora geral e artística do grande festival de música lusófona FOLISBOA que terá lugar nos dias 26, 27 e 28 de junho nos “Grands Boulevards” de Paris.

9ZOP-9S4I-5W3G-IIQN Siganos partilhou connosco algumas das receitas que utilizou no seu percurso para ultrapassar obstáculos e ter sucesso nos desafios que se impôs. Muito cedo quis ser confrontada com o meio profissional, “estar em contacto com a realidade do trabalho”, e defendeu que se devia ser persistente, não largar as suas ideias e “olhar para todos os lados”, para todos os caminhos e possibilidades, e dar importância a certos momentos na vida que condicionam o futuro.

72BB-NX2K-BBH9-IXDCA nossa convidada falou-nos ainda com um brilho nos olhos das experiências vividas em Lisboa, e de como a crise fez sobressair a criatividade portuguesa. Segundo ela, os portugueses conseguem fazer projetos culturais de uma grande qualidade “com quase nada”, e referiu que os franceses observam com grande interesse este modelo cultural que os Portugueses desenvolveram apesar das circunstâncias difíceis.

Em Portugal, segundo Chloé Siganos, a sua missão enquanto adida cultural era a de fazer brilhar a cultura francesa e portuguesa.

A nossa convidada defendeu ainda uma ideia positiva da cultura, uma cultura que se quer global e aberta. Nos seus projetos para o futuro estão o desafio de uma fundação franco-portuguesa em que se alie o idealismo de uma construção global positiva não concurrencial e o pragmatismo dos aliados económicos, e ainda a realização de um grande festival mundial, com todas as formas de arte. Esperando que estes belos desafios se concretizem, agradecemos imenso a simpatia e o conhecimento partilhado pela nossa convidada, bem como aos animados participantes.

No próximo “Um Copo Com…” de dia 7 de março teremos como convidado José Manuel Esteves, professor e investigador no departamento de Estudos Lusófonos da Universidade de Nanterre (Paris X).

Luísa Semedo

Copyright © 2015 AGRAFr.Política de Privacidade